Home / Acidente / Cães matam grávida de 29 anos e bebê; detalhes são para estômago forte

Cães matam grávida de 29 anos e bebê; detalhes são para estômago forte

Um caso muito fora do comum aconteceu em uma floresta do norte da França. Uma grávida de 29 anos, chamada Elisa Pilarski, saiu para passear com seus cinco cães e tudo acabou muito mal.

A floresta de Retz, onde a grávida foi passear, fica próxima de sua casa e a cerca de 80 km da capital da França, Paris. A jovem estava em uma gestação de seis meses e foi encontrada morta com muitas mordidas de cães por todo o corpo. O bebê também acabou falecendo.

No sábado, quando saiu para passear, Elisa tinha telefonado para seu companheiro Christophe e o alertado pelo medo de ser atacada por uma matilha de cães.

O rapaz conta que procurou a moça na floresta e viu o carro, mas neste momento cerca de 30 cães haviam chegado e ele teve que ir embora.

Christophe chegou a ver Elisa e diz que ela parecia coberta de mordidas, tendo algumas de suas roupas arrancadas. O marido da moça pediu ajuda a um vizinho, que chamou a polícia. Chegando lá, os militares encontraram Elisa sem vida e com mordidas em seus membros superiores, inferiores e na cabeça.

No local onde Elisa foi passear, estava acontecendo uma caçada. A polícia abriu uma investigação de homicídio, mas agora faz diversos testes de DNA para tentar apontar quais e a quem pertenciam os cães que mataram a moça. São mais de 93 cães que estão sendo investigados, dentre eles estão os cinco que pertenciam à Elisa.

A autópsia apontou que a moça morreu entre 13h e 13:30h. Os responsáveis pela caçada afirmam que os cães que atacaram a grávida não pertencem à eles e firmam que não exitem evidências o suficiente para provarem isso.

Sobre nordesteonline

Veja Também!

Relembre 13 celebridades que nos deixaram muito jovens

Infelizmente algumas pessoas acabam perdendo suas vidas cedo demais. Tais tragédias acontecem tanto com anônimos, …

error: Content is protected !!