Home / Curiosidades / Juliana Paes se revolta com goleiro Bruno e o que diz causa polêmica

Juliana Paes se revolta com goleiro Bruno e o que diz causa polêmica

A atriz Juliana Paes usou a sua conta oficial no Instagram, nesta sexta-feira (10), para falar sobre o goleiro Bruno. O ex-jogador do Flamengo está em regime semiaberto.

Em 2013, Bruno foi condenado pelo assassinato de Eliza Samudio. A mãe de um dos filhos de Bruno desapareceu depois de viajar para o sítio do jogador, em Esmeraldas.

O corpo nunca foi encontrado. Bruno acabou indiciado e foi condenado a mais de 20 anos pelo crime. O goleiro cumpre a pena em regime semiaberto e pode trabalhar.

Nos últimos dias, uma jornalista da Globo, Jéssica Senra, questionou a possibilidade de o Fluminense de Feira de Santana, na Bahia, contratar o jogador. O vídeo da crítica viralizou. Juliana Paes se posicionou à favor da jornalista.

View this post on Instagram

#meuídolonãoéfeminicida Nessa segunda-feira @jessicasenra me surpreendeu e me comoveu com a sua coragem, ousadia e inteligência ao defender seu posicionamento contra um clube de futebol que desejava contratar o goleiro Bruno, condenado por um crime bárbaro de assassinato à mãe de seu filho. Eu como mulher, e defensora da causa da violência contra a mulher, queria dizer que estou muito orgulhosa de você @jessicasenra . E queria convidar todos meus seguidores, pessoas e marcas, a verem o vídeo completo do seu discurso (link nos meus stories) e compartilharem uma foto nos seus perfis com a hastag #meuídolonãoéfeminicida para que mais pessoas vejam dessa história. Já viram isso @dedesecco , @mariajoana , @sabrinasato , @juliannetrevisol , @agathaamoreiraa ?

A post shared by Juliana Paes Actress Brazil (@julianapaes) on

“Eu, como mulher e defensora da causa da violência contra a mulher, queria dizer que estou muito orgulhosa de você. E queria convidar todos meus seguidores, pessoas e marcas, a verem o vídeo completo do seu discurso e compartilharem uma foto nos seus perfis com a hashtag #meuídolonãoéfeminicida”, protestou Juliana Paes.

A atriz, que recentemente brilhou na novela A Dona do Pedaço, também afirmou que uma pessoa que cometeu um erro e já pagou por isso tem o direito de trabalhar. Ela disse ainda que há impedimento legal contra Bruno.

Em seguida, Juliana fez um questionamento. “Diante de um crime tão bárbaro, tão cruel, poderíamos tolerar que o feminicida Bruno voltasse à posição de ídolo? Que mensagem mandaríamos à sociedade?”, questionou Juliana Paes.
Os seguidores da atriz concordaram com ela.

Sobre nordesteonline

Veja Também!

7 famosas brasileiras que são apontadas como ‘destruidora de lares’; veja

Um dos principais motivos para separação e divórcio é a interferência de uma terceira pessoa …

error: Content is protected !!