Home / Curiosidades / Justiça ordena que especial do Porta dos Fundos com Jesus polêmico seja retirado do ar

Justiça ordena que especial do Porta dos Fundos com Jesus polêmico seja retirado do ar

O grupo humorístico Porta dos Fundos está envolvido em grande polêmica desde que lançou, em dezembro de 2019, um especial de Natal satirizando passagens da Bíblia. Intitulado como Primeira Tentação de Cristo, o filme sugere que Jesus tenha tido um relacionamento homossexual, vivido com o personagem Orlando, interpretado por Fábio Porchat.

A provocação dos humoristas não agradou parte do público, que iniciou um movimento na internet para derrubar o especial de Natal com as sátiras religiosas, exibido pela Netflix. As coisas se agravaram ainda mais quando a sede do Porta dos Fundos, no Rio de Janeiro, chegou a ser alvo de ataque.

Diante dos fatos, o desembargador Benedicto Abicair, da 6ª Câmara Cível, determinou, nesta quarta-feira (8), que o especial de Natal do grupo humorístico seja retirado do ar.

A decisão foi tomada após a Associação Centro Dom Bosco de Fé e Cultura entrar com o pedido. A alegação é de que se sentiram ofendidos com a produção. A princípio, houve uma negativa em primeira instância, mas agora acabou sendo acatado pela Justiça do Rio de Janeiro.

Por todo o exposto, se me aparenta, portanto, mais adequado e benéfico, não só para a comunidade cristã, mas para a sociedade brasileira, majoritariamente cristã, até que se julgue o mérito do Agravo“, disse o desembargador, acrescendo que ainda cabe recurso.

O portal R7 informou que entrou em contato com o Porta dos Fundos, que teria dito que o grupo ainda não havia sido notificado, e que o vídeo com a sátira religiosa ainda estaria disponível na Netflix até as 19h12 de hoje (8).

Sobre nordesteonline

Veja Também!

7 famosas brasileiras que são apontadas como ‘destruidora de lares’; veja

Um dos principais motivos para separação e divórcio é a interferência de uma terceira pessoa …

error: Content is protected !!