Home / Notícias Recentes / PF NA COLA: Maranhão pagou adiantado R$ 4,8 milhões por respiradores que nunca foram entregues

PF NA COLA: Maranhão pagou adiantado R$ 4,8 milhões por respiradores que nunca foram entregues

O Governo do Maranhão pagou adiantado aproximadamente R$ 4,8 milhões por respiradores que deveriam ser trazidos da China, mas nunca chegaram aos hospitais da rede estadual.

A informação é da Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento (Seplan), que emitiu nota após a revelação de que o Consórcio Nordeste, do qual o Maranhão faz parte, tomou um calote da HempCare Pharma, empresa que deveria adquirir e transportar os equipamentos até o Brasil (saiba mais).

No total, de acordo com a Seplan, os nove governos do Nordeste pagaram U$ 9,028 milhões por 300 respiradores – algo em torno de R$ 48,7 milhões na cotação do dia da aquisição (R$ 5,39). Desse total, o governo Flávio Dino (PCdoB) contribuiu com U$ 902,8 mil – ou R$ 4,8 milhões segundo a mesma cotação.

“A empresa contratada pelo consórcio não efetuou a entrega dos respiradores no prazo determinado no contrato. O governo da Bahia e o Poder Judiciário daquele Estado estão tomando as providências para devolução do dinheiro pago pelo Consórcio, tendo obtido o bloqueio judicial dos recursos depositados em contas correntes dos envolvidos”, diz o comunicado da pasta.

Redação: Gilberto Leda

Sobre nordesteonline

Veja Também!

Homem recorreu ao suicídio dentro de motel em São Luís

Um homem de identidade ainda não revelada pela polícia chegou ao motel Pandora, na avenida …

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

Instagram
error: Content is protected !!