Home / Política / Prefeitos maranhenses recebem milhões por ano, mas não conseguem “diminuir os problemas” de suas cidades. Porque será?

Prefeitos maranhenses recebem milhões por ano, mas não conseguem “diminuir os problemas” de suas cidades. Porque será?

Brasil – O site A VOZ DO POVO, fez uma busca no Portal da Transparência (Controladoria – Geral da União), analisamos os recursos estaduais transferidos para os municípios Governador Archer, Dom Pedro, Santo Antônio dos Lopes, Capinzal do Norte, Presidente Dutra, Codó, Governador Eugênio Barros, Peritoró, Tuntum e Gonçalves Dias. 

Essas cidades da Região Central do Maranhão têm recebido valores milionários que dariam pelo menos para amenizar os problemas administrativos de suas gestões, por exemplo: saúde, segurança e educação.

Fiscalizamos esses DEZ municípios da Região Central do Maranhão, todos se encontram com sérios problemas como; falta de empregabilidade, falta de segurança, falta de profissionais qualificados na área da saúde e educação, falta de saneamento básico na maioria dos seus bairros, falta de incentivo e orientações aos agricultores e pequenos empresários e por fim, faltam muita oportunidades e orientações a seus adolescentes que provavelmente são o futuro de suas cidades.

Iremos começar pelo município de Governador Archer, a cidade no momento está passando por sérios problemas financeiros como, por exemplo: está com salários atrasados de profissionais da educação, falta de água potável em alguns bairros, falta de segurança e saúde. Esses são um dos exemplos que já falamos no início da matéria.

No ano de 2017, a cidade recebeu um repasse do governo no valor de R$ 19.216,424,38/milhões. No ano de 2018, analisamos que o município recebeu R$ 23.422,378,36/milhões e no ano 2019, a cidade recebeu R$ 19.034,189,19/milhões.
Fizemos o cálculo entre esses três anos, Governador Archer, recebeu um valor equivalente de R$ 61.672,991,93/milhõesde reais.

Ao analisarmos o município de Dom Pedro, a cidade também se encontra nas mesmas circunstâncias dos problemas citados a cima como falta de segurança, saúde e educação.
Dom Pedro, está passando por sérios problemas financeiros e administrativos, a cidade vem enfrentando muitos problemas com o abastecimento de água em todos os bairros do município. No ano de 2017, Dom Pedro, recebeu do Governo um valor equivalente de R$ 33.574,810,89/milhões. Já no ano de 2018, a cidade recebeu R$ 36.072,583,23/milhões e no seguinte ano de 2019, a prefeitura recebeu um valor aproximadamente de R$ 39.432,961,86/milhões.
Entre os três anos, o município dom-pedrense soma-se um valor recebido e calculado de R$ 109.080,355,98/milhões de reais.

Santo Antônio dos Lopes, também por sérios problemas administrativos na gestão atual, a cidade tem um índice de violência muito alta. Segundo informações a prefeitura nesses três anos de mandato tem perseguido constantemente outras lideranças políticas que estão surgindo nesse novo cenário político.

A cidade passa pelos mesmos problemas citados, por exemplo: falta de transparência de suas contas públicas, muitos familiares do prefeito atual trabalhando dentro da prefeitura, educação indo ao colapso, saúde abeira do abismo e segurança sem profissionalismo e orientações.

O município recebeu repasses do Governo no ano de 2017, um valor equivalente de R$ 38.378,731,23/milhões. No ano de 2018, a cidade totalizou um valor acima de R$ 48.674,911,15/milhões e no ano de 2019, o município recebeu um valor equivalente de R$ 41.504,079,69/milhões.
Entre esses três anos Santo Antônio do Lopes, recebeu recursos transferidos totalizando um valor de R$ 128.557,722,07/milhões de reais.

A cidade de Gonçalves Dias, também localizada na região central do estado do Maranhão, está passando pelos mesmos problemas administrativos que se encontram as outras cidades citadas. Gonçalves Dias vem enfrentando grandes problemas administrativos e financeiros na gestão atual.

No ano de 2017, o município recebeu do Governo do Estado um valor equivalente de R$ 27.804,197,00/milhões. Já no ano de 2018, o município totalizou um valor de R$ 30.981,691,05/milhões e no seguinte ano de 2019, o município recebeu um valor de R$ 30.119,319,96/milhões.

Entre os três anos Gonçalves Dias, recebeu do Governo do Estado um valor somado e totalizado de R$ 88.905,208,01/milhõesde reais.

Analisamos também, a cidade de Presidente Dutra, conhecida como município-pólo de sua região. Presidente Dutra, apesar de ser uma grande cidade em desenvolvimento devido a sua grande estratégica no comércio.
Presidente Dutra, vem sofrendo os mesmos grandes problemas que os outros municípios da sua região. A cidade vem enfrentando muitos problemas na área da saúde, da educação, da segurança, infraestrutura e saneamento básico. Temos informações que a gestão atual vem fazendo sérias perseguições políticas a outras lideranças do cenário político atual de sua região com novas ideias, totalmente diferente da velha política do toma lá dá cá.

O município recebeu do Governo Estadual no ano de 2017, um valor equivalente de R$ 55.447,963,71/milhões. No ano de 2018, a acidade recebeu R$ 59.818,609,98/milhões e no ano de 2019, a prefeitura recebeu do governo um valor de. R$ 63.357,780,88/milhões.

Realizamos a soma desses três anos de governo da gestão atual, a prefeitura recebeu um valor totalizado de R$ 178.624,354,57/milhões de reais.

Codó Maranhão, a cidade é conhecida como a Terra dos Pais de Santos. Também analisamos suas contas públicas, o município tem um sério problema há muitos anos com um índice de violência muito auto, o gestor atual nesses três anos de mandato não conseguiu diminuir esse índice de violência. A cidade também vem enfrentando muitos problemas com falta de água potável na maioria dos seus bairros. Constatamos também reclamações da sua população a respeito da falta de transparência das contas públicas da prefeitura. Moradores codoenses reclamam muito da falta de segurança, saúde e educação da sua cidade.

No ano de 2017, a prefeitura recebeu do Governo repasses no valor de R$ 164.130,870,63/milhões. No ano de 2018, o município recebeu um valor de R$ 159.958,127,39/milhões e no ano seguinte ano de 2019, o município recebeu do governo um valor de R$ 168.768,167,53/milhões.

Entre os três anos de mandato da gestão atual, a cidade totaliza um valor recebido equivalente de R$ 492.857,165,55/milhõesde reais.

Fizemos uma análise nos recursos transferidos para a cidade de Governador Eugênio Barros, o município é localizado na Mesorregião do Centro Maranhense.

A cidade também vem passando por sérios problemas financeiros e administrativos na gestão atual. Recebemos informações que alguns meses atrás a luz elétrica da Prefeitura Municipal tinha sido cortada por falta de pagamento. Temos informações que a saúde, a educação e a segurança pública da cidade está de mal a pior, os eugênio-barrenses reclamam da falta de transparência do município.

No ano de 2017, Governador Eugênio Barros recebeu recursos transferidos do governo no valor equivalente de R$ 26.712,889,18/milhões. Já no ano de 2018, o município recebeu um valor equivalente de R$ 26.844,088,18/milhões e no seguinte ano de 2019, a cidade recebeu R$ 27.426,348,14/milhões.

Entre os três anos da legislatura atual, a prefeitura recebeu um valor equivalente totalizando R$ 80.983,325,05/milhões de reais.

Capinzal do Norte, a cidade está localizada em uma região estratégica do Centro Maranhense, mas não obteve tanto sucesso no seu desenvolvimento econômico e político.

O município vem enfrentando grandes problemas na saúde, na educação e segurança pública. Apesar de que em alguns anos atrás ouve uma grande descoberta de gás na sua região demarcada geográfica. O gás está levando o município a outros patamares de desenvolvimento econômico e geração de empregos assim, dando oportunidades a seus cidadãos que sonham em prosperar em sua terra natal.

A falta de saneamento básico, atendimento hospitalar qualificado e de profissionais da área, falta de segurança e contingente de policiamento, falta de uma educação qualificada e orientada por profissionais qualificados. Esses são alguns fatores que seus moradores vêm cobrando há muitos anos.

No ano de 2017, Capinzal do Norte recebeu recursos do Governo no valor de R$ 29.289,149,83/milhões. Já no ano de 2018, a prefeitura recebeu repasses no valor de R$ 33.176,330,96/milhões e no ano seguinte de 2019, a gestão atual recebeu recursos no valor de R$ 30.633,206,37/milhões.

Entre os três anos somados da legislatura atual, a prefeitura recebeu recursos somados no valor aproximadamente de R$ 93.098,687,16/milhões de reais.

O município de Tuntum é comandado pelo prefeito Cleomar Tema (PSB), que também é o presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão-FAMEM.

A cidade está localizada no Centro do estado do Maranhão, Tuntum é mais um município do estado maranhense e da Região Central que está passando por sérios problemas administrativos na gestão atual. Alguns dos moradores da cidade nos informaram que “alguns bairros da cidade faltam água potável diariamente, a falta de segurança no município é outro grande problema, a cidade vem enfrentando um índice de violência e assaltos muito grande em nossa região. A saúde está quase abeira do colapso, faltam profissionais qualificados na área e médicos nos hospitais”, disse uma moradora da cidade que preferiu não se identificar.

Tuntum, recebeu no ano de 2017, valores somados e totalizados de R$ 63.027,826,98/milhões. No ano de 2018, a prefeitura recebeu R$ 70.446,045,62/milhões e no ano seguinte de 2019, a gestão atual recebeu R$ 71.170,093,91/milhões.

Entre esses três anos de legislatura, Tuntum Maranhão recebeu um valor equivalente e totalizados de R$ 204.643,966,51/milhõesde reais.

Analisamos a gestão atual do município de Peritoró, cidade localizada geograficamente no leste maranhense. A gestão atual do município vem sofrendo grandes problemas administrativos e econômicos.

Os peritoroenses sofrem muito com falta de saneamento básico, falta de segurança e de profissionais qualificados na educação básica do município. Nos últimos anos a criminalidade na cidade aumentou muito, os jovens quase não recebem oportunidades e incentivo da prefeitura. São muito grandes as reclamações dos cidadãos a respeito da saúde no município e falta de oportunidades de emprego da parte dos legisladores.

No ano de 2017, a prefeitura recebeu recursos do Governo no valor somado de R$ 36.643,351.25/milhões. Já no ano de 2018, a gestão atual recebeu R$ 44.424,300,64/milhões e no ano seguinte de 2019, a prefeitura somou um valor recebido equivalente de R$ 41.729,324,90/milhões.

Entre os três anos de mandatos da legislatura atual, a prefeitura recebeu recursos somados no valor totalizados de R$ 122.796,976,79/milhões de reais.

Enfim, finalizamos essa análise nos recursos recebidos desses DEZ municípios da Região Central do estado do Maranhão. Observamos que essas prefeituras receberam muitos recursos financeiros do governo para poucos resultados.

Essas cidades vêm enfrentando grandes problemas financeiros há muitos anos por causa de gestões viciadas a cometer atos corruptos. Esses municípios se beneficiam da fraqueza do seu povo, por falta de oportunidades pessoas com menos conhecimentos e na extrema pobreza acabam se corrompendo por um dinheiro surjo. Lembramos que os IDH dessas cidades citadas não passam de 0,624, segundo os indicadores.

O resultado pior está aí para ser analisado e comentado por cada cidadão que vive com esperanças de dias melhores em suas cidades, esperando que um dia essas situações vergonhosas no meio da política se renovem com pessoas de caráter, pensando no crescimento e desenvolvimento de suas cidades.

Todos esses dados numéricos estão no site da Controladoria da União (Portal daTransparência).

Sobre nordesteonline

Veja Também!

Esposa de Bolsonaro é acusada de ser amante de ministro e presidente é atacado

A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, está sendo acusada de ter um caso fora do casamento. A …

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

Instagram
error: Content is protected !!